quinta-feira, 15 de agosto de 2013

PARA SEMPRE EM MIM

Te guardo em cada verso que escrevo
Mesmo naqueles que não falam de ti.
Te guardo no silêncio das horas
Que converte dias em noites
E noites em dias diluídos.
Te guardo no frio da alma,...
Na tristeza sem fim.
No desejo que aflora
Doce e quente,
Na lágrima que cai
Silenciosamente,
No riso introvertido.
E assim te guardarei
Pela vida afora
E assim te guardarei
Para sempre
Dentro de mim.

Ana Roen


Nenhum comentário:

Postar um comentário