sábado, 14 de janeiro de 2012

MEU CORAÇÃO

Meu coração nas esferas
Desse mundo louco, irado
Debate-se entre feras
Em fuga, desesperado.

Carrossel de dissabores
Girândola de infelicidades
Retumbam os tambores
Nos acordes da adversidade.

Às vezes para tudo
E fica o grande vazio
Pelas escarpas do mundo
Silencioso escuro e frio.

Às vezes insiste, um anjo
Tocar sua canção para mim
Enlouquecem seus arranjos
Desafino seu flautim.

Qualquer cantiga é lamento
Qualquer história é terror
Punge o sentimento
O que mais existe? A dor.

Ana Roen

Nenhum comentário:

Postar um comentário