segunda-feira, 23 de janeiro de 2012

AMA

Ama com amor que dilacera
Ama com a fúria de outras feras
 

Ama com amor que não se devota
E ama com a alma de poeta.

Ama o amor que já se foi
Com todo amor que ainda resta.

Ana Roen

Um comentário:

  1. Linda poesia...sensibilidade pura...de que ama...parabéns...
    Vista-me em http://poesia-e-poetas.blogspot.com/

    ResponderExcluir