segunda-feira, 8 de agosto de 2011

ÁGUAS DE MIM

Eu não choro porque queira
Quem me chora é a vida
Eu me seco por inteira
Mas em rio fui convertida

E não paro de verter
Dessa fonte ressentida. 

Ana Roen

Nenhum comentário:

Postar um comentário